Silvicultura de Espécies Nativas do Cerrado Mato-grossense no Refúgio Ecológico SESC Serra Azul

Dados Gerais

Localização
Nobres-MT – Refúgio Ecológico Serra Azul. Essa propriedade foi recentemente adquirida pelo SESC para a implantação de atividades ligadas ao turismo de comerciários, mas como quase metade dos cerca de 5.000 ha da propriedade encontra-se ocupada por pecuária extensiva, surgiu a demanda por recuperar a vegetação nativa para constituir uma grande área de conservação da biodiversidade do cerrado Mato-grossense. Trata-se de uma área muito interessante do ponto de vista da conservação, com várias fitofisionomias do cerrado e grande diversidade de flora e fauna. De forma pioneira, parte dessa área será transformada num grande experimento para desenvolver métodos de restauração e uso sustentável do cerrado, dando suporte à recuperação de áreas degradadas em propriedades rurais particulares.
Início
2012
Equipe
Prof. Pedro Brancalion, Doutoranda Carina Camargo Silva (LASTROP), Prof. Pablo Vidal Torrado (ESALQ), Prof. Mario L. T. de Moraes (UNESP), Dr. Paulo H. M. da Silva, Biol. Israel G. Vieira, Dr. Otávio C. Campoe e Dr. Clayton A. de Alvares (IPEF)
Apoio
SESC e IPEF

Objetivo

Estabelecer uma rede de experimentos para subsidiar a restauração, a conservação e o uso sustentável do cerrado.

Descrição do Experimento

Cerca de 80 ha compostos de vários experimentos, em delineamento em blocos casualizados.

Avaliações em Andamento

1) levantamento inicial da vegetação, solo e clima do Refúgio Ecológico;

2) disponibilização de material genético (implantação de pomares de sementes e desenvolvimento de tecnologia de produção de sementes e mudas);

3) desenvolvimento de métodos silviculturais aplicados à produção comercial de espécies nativas (adubação, espaçamento em plantios puros e mistos, plantio misto de teca com espécies nativas e enriquecimento comercial de cerrados degradados) e

4) restauração da vegetação do cerrado (plantios florestais como facilitadores da regeneração natural e uso do gado no controle da mato-competição). Com base nos experimentos, será possível fornecer as condições técnicas necessárias para que o Estado de Matogrosso se dedique à produção comercial de algumas de suas espécies nativas, bem como se restaure as áreas degradadas de cerrado, tendo o Refúgio Ecológico SESC Serra Azul como um centro de referência em geração e difusão no Estado.

LASTROP - ESALQ - USP
Avenida Pádua Dias   11   São Dimas
Piracicaba   SP   13418 900   Brasil
19  3447 6603
ESALQ / USP - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz