Brazilian Team - XPRIZE (site em construção)

Dados Gerais

 

  

O que é o XPRIZE Rainforest?

Este é um prêmio internacional, que tem como objetivo acelerar a inovação de tecnologias autônomas necessárias para a avaliação da biodiversidade, usando a integração rápida de dados para fornecer uma nova visão sobre a floresta, bem como inspirar novos investimentos e exploração. O XPRIZE Rainforest revelará o verdadeiro potencial da floresta em pé, acelerando o desenvolvimento de bioeconomias novas, justas e sustentáveis.

 

O grande desafio

As florestas tropicais cobrem menos de 10% da superfície terrestre da Terra, mas abrigam cerca de 50 milhões de habitantes e mais de 50% da biodiversidade do planeta. Embora sejam os ecossistemas mais biodiversos, há um conhecimento limitado de tudo o que vive nesses ambientes. O valor das árvores em pé não é totalmente compreendido e nossa capacidade de avaliar esse valor é restrita porque o ambiente da floresta tropical é denso, vasto e complexo.

A equipe vencedora será aquela que conseguir demonstrar o desenvolvimento de novas tecnologias voltadas para fazer um levantamento rápido e abrangente da biodiversidade da floresta tropical e usar esses dados para melhorar nossa compreensão deste ecossistema complexo. Isso deverá ser realizado em 24 horas de trabalhos de campo e 48 horas de análise.

 

Quem faz parte do Brazilian Team?

A iniciativa surgiu na ESALQ, através do Prof. Vinicius Castro Souza, em conjunto com o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, através da Pq.C. Rafaela Campostrini Forzza. A partir daí, a rede foi se ampliando e hoje conta com mais de 20 membros, incluindo, além do Brasil, outros quatro países. A proposta é conseguir diagnosticar o máximo possível de biodiversidade vegetal e animal, utilizando diferentes ferramentas e contando com uma ampla gama de pesquisadores de diversas áreas.

 

 

 

O que vai ser feito com o prêmio?

Se o Brazilian Team conseguir um dos prêmios, o seu destino será o estudo da Biodiversidade da Amazônia, através do desenvolvimento de um protocolo utilizando as técnicas desenvolvidas e gerando os dados primários (coletas em áreas pouco amostradas, formação de bancos de dados de imagens, DNA, etc.) necessários para a utilização destas. Também haverá um estímulo à formação de recursos humanos, tanto no que se refere às populações locais, quanto em relação ao oferecimento de bolsas de estudo nos diferentes níveis.

 

Cronograma (sujeito a alterações):

15 de março de 2021

Inscrição da equipe (mais de 800 equipes de todo o mundo se inscreveram)

13 de maio de 2021

Submissão de Qualificação e Contrato do Concorrente

22 de junho de 2021

Anúncio das equipes qualificadas (até 50 equipes)

2º trimestre de 2022

Prazo final para o desenvolvimento de soluções para equipes qualificadas

Anúncio das equipes semifinalistas (até 25 equipes)

3º trimestre de 2022

Prazo final para o desenvolvimento de solução para equipes semifinalistas

Anúncio das equipes finalistas (até 10 equipes)

2º trimestre de 2024

Prazo final para o desenvolvimento de soluções para equipes de finalistas

Teste e julgamento 

Cerimônia de premiação final do terceiro trimestre de 2024 e anunciados os vencedores

 

LASTROP - ESALQ - USP
Avenida Pádua Dias   11   São Dimas
Piracicaba   SP   13418 900   Brasil
19  3447 6603
ESALQ / USP - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz