Restauração florestal em áreas de mineração de bauxita

Dados Gerais

Localização
Poços de Caldas-MG – Reserva do Patrimônio Natural do Retiro Branco e Fazenda Córrego do Meio, ambas de propriedade da Alcoa Alumínio. São áreas onde foram historicamente implantados diversos métodos de restauração florestal, com destaque para o uso recente de topsoil, para recuperar áreas de mineração de bauxita.
Início
2012
Equipe
Prof. Pedro Brancalion (LASTROP), Doutoranda Denise Bizuti (LASTROP), Mestranda Vanessa de Souza Moreno (LASTROP), Mestranda Natali Tostes (LASTROP), Prof. José Carlos Casagrande (UFSCar), Graduanda Thaís Soares (UFSCar), Graduanda Marcela Dinarowski (UFSCar), Prof. Fernando Andreote (ESALQ), Prof. Marcio R. Soares (UFSCar) e Prof. Rubsmar Stolf da (UFSCar)
Apoio
FAPESP, IPT e Alcoa

Objetivo

Avaliar a recuperação do solo e da vegetação nativa em áreas de mineração de bauxita submetidas à restauração ecológica, com destaque para a distribuição do topsoil obtido em florestas desmatadas

Descrição do Experimento

Conjunto de 6 áreas com diferentes idades em processo de restauração pelo uso do topsoil e plantio de mudas, 6 áreas reabilitadas pela semeadura de gramíneas exóticas e plantios de árvores nativas e exóticas, 6 trechos de remanescentes florestais (ecossistemas de referência) e 6 áreas recém mineradas.

Avaliações em Andamento

Solo: análises químicas (pH, matéria orgânica, carbono total, P, P orgânico, Al, H + Al-1, K, Ca, Mg, soma de bases, capacidade de troca de cátions, saturação por bases e saturação por alumínio); físicas (textura, densidade, macroporosidade e microporosidade, porosidade total, capacidade de água disponível, argila dispersa em água, percolação e compactação) e microbiológicas (diversidade microbiana e taxa de respiração basal); Vegetação: composição (riqueza de nativas regionais, de não regionais e exóticas, de espécies zoocóricas e pioneiras; diversidade e índice de equabilidade) e estrutura (cobertura de dossel, densidade total de indivíduos, densidade de indivíduos com altura 0,5 ≥ H < 1 m, densidade de indivíduos com altura > 1 m, altura total da restauração, número de estratos, área basal e cobertura de gramíneas).

LASTROP - ESALQ - USP
Avenida Pádua Dias   11   São Dimas
Piracicaba   SP   13418 900   Brasil
19  3447 6603
ESALQ / USP - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz